Eventos

Sons do Japão: do Tradicional ao Moderno – dia 31 de julho de 2008

Quase ia me esquecendo desse evento, mas só farei uma notinha sobre ele. Bem, eu confesso que, apesar de gostar bastante de música japonesa, não foi a melhor apresentação que eu já vi. Foi cansativo, para falar a verdade. Tudo bem que eu cheguei tarde e peguei um congestionamento causado pelo jogo do Coritiba, mas se a apresentação fosse boa isso não passaria de um mero detalhe e meu mau humor dissiparia-se.

Veja só o que eu li no site http://www.bunkyo.org.br: “O evento pretende desmistificar a idéia de que a música tradicional japonesa é uma arte de difícil apreciação, trazendo ao Brasil espetáculos musicais de instrumentos tradicionais japoneses.” Ok, isso não funcionou pra mim, eu continuo achando que a música tradicional japonesa é uma arte de difícil apreciação. Ao menos da maneira como foi mostrada em tal ocasião.

Instrumento em destaque: Koto

Gosto de ver meus amigos tocando músicas tradicionais, talvez porque estejam mais próximos de mim. Só que no MON foi algo tão frio e sem emoção que não me tocou nem um pouco sequer. E olha que todos os presentes eram ótimos no que faziam, tinham toda a técnica necessária, eram graduados e mestres no Japão. É, só que não foi dessa vez. Continuo preferindo Ganga Zumba.

Aliás, todos os meus amigos que foram (que têm lá seus 20 anos) saíram antes do final, assim como eu.

P.S.: Acho que essa foi a maior notinha da minha vida xD

Sobre o(a) autor(a)

Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

Deixe um comentário

Clique aqui para comentar

Minhas identidades secretas

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Botons Nhom - Presentes Memoráveis