O Caderno G – Idéias de sábado da Gazeta do Povo trouxe um especial sobre cultura japonesa e, entre as matéria publicadas, uma delas tratava sobre cultura pop japonesa – mais especificamente sobre animês, mangás e cosplays. Entre os entrevistados estão Xico Utrabo, da Itiban Comic Shop e Lina Saheki, do Centro Cultural Tomodachi. Segue um trecho:

No instituto Tomodachi, em Curitiba, a maioria dos alunos que frequenta cursos dedicados à língua e à cultura japonesas – o professor Vinicius Monfernatti fala em algo próximo de 90% – procura as aulas sob a influência dos mangás. É como se os quadrinhos estivessem para o Japão como o cinema está para os Estados Unidos. Ou a telenovela, para o Brasil. É o veículo mais poderoso de propaganda do país, hoje embalado por velocidade e tecnologia crescentes, e afastado das tradições.

Para conferir a matéria na íntegra basta acessar o site da Gazeta do Povo.

[ad#post-ad]

Categorias: Notícias

Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

1 comentário

Tweets that mention Cultura Pop Japonesa na Gazeta do Povo | Tadaima! Curitiba -- Topsy.com · 19 de outubro de 2010 às 15:28

[…] This post was mentioned on Twitter by Tadaima Curitiba!, Mylle Silva. Mylle Silva said: Tadaima! Curitiba: Cultura Pop Japonesa na Gazeta do Povo: O Caderno G – Idéias de sábado da Gazeta do Povo trouxe… http://bit.ly/cm8xqV […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *