[ad#ad-1]

O Hana Matsuri 2011 acontecerá na Praça do Japão de Curitiba no dia 10 de abril de 2011 (domingo), das 10h às 20h. No sábado haverá as barracas de comida (sosuyakissoba e doces japoneses) e uma oficina de origami de tsuru. Convidamos aqueles que são verdadeiramente interessados em cultura japonesa a prestigiar esse evento que simbolizará um novo momento dos eventos culturais japoneses em Curitiba. Não será grandioso nem chegio de atrações, mas trará a essencia, os aspectos mais representativos do Hana Matsuri: a celebração ao nascimento de Buda e a confraternização entre as pessoas.

Quer saber onde comprar produtos “otaku” (cultura pop japonesa) durante o Hana Matsuri 2011? Então clique aqui!

Domingo dia 10 de abril de 2011 – 11:00h às 20:00h
Praça do Japão – Curitiba

PROGRAMAÇÃO

11h00 – Abertura com o Cortejo de Monges e Acólitos ao redor da praça
11h15 – Celebração de culto budista em louvor ao nascimento do Pequeno Buda
Cerimônia do Kambutsue (Banho de chá doce no Pequeno Buda) pelos Monges da Comunidade Budista do Paraná
12h15 – Apresentação do Grupo Akabeko de Taiko de origem da cidade Fukushima

O Hana Matsuri de Curitiba – “O Festival das Flores” é a celebração do nascimento de Buda, Siddartha Gautama, que ocorreu em 08 de abril de 566 A.C., no jardim de Lumbini, na região onde hoje se localiza o Nepal.

A cerimônia religiosa terá início no domingo, às 11 horas, com o cortejo do Hanamido (altar com a imagem do Pequeno Buda), o qual será conduzido por autoridades religiosas e crianças vestidas com trajes típicos. Em seguida iniciará o Kanbutsue ritual onde se banha a imagem do Pequeno Buda com chá doce para pedir a paz mundial. O chá representa a chuva de néctar que, conforme a lenda, teria caído suavemente anunciando o nascimento de Buda e fazendo com que as flores se abrissem em sua homenagem.

Após a cerimônia religiosa, o público poderá fazer oferenda de chá e flores ao Pequeno Buda para pedir paz, saúde e sorte durante todo o ano.

[ad#ad-2-middle]

Neste ano, além de celebrar o nascimento de Buda, o Hana Matsuri também será uma cerimônia especial para orar pelas vítimas do tsunami no Japão e pelas vítimas das enchentes no litoral paranaense que, coincidentemente, ocorreram no dia 11 de março. Um mês após estas catástrofes, descendentes de Fukushima (região afetada pela radiação) tocarão taikô (tambores japoneses que emite um som místico), no Hana Matsuri de Curitiba para expressar o sentimento de solidariedade, uma vez que antigamente acreditava-se que, ao tocar o taikô com a alma, os deuses surgiam para atender os desejos. Sendo assim, o som dos tambores será um pedido aos deuses e antepassados para que ajudem na reconstrução do Japão e do litoral do Paraná.

Organização: Comunidade Zen-Budista de Curitiba
Realização: Comunidade Budista do Paraná
Apoio: Prefeitura Municipal de Curitiba

[ad#ad-1]


Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

23 comentários

Mari · 31 de março de 2011 às 20:20

É, realmente pequeno mesmo
Não haverá nem barraquinhas de artesanato/cultura pop?

Cris · 31 de março de 2011 às 21:41

Vou visitar o evento no sábado. Só haverá as barracas de comida e origami? Nada de som, artesanato?

Mylle Silva · 1 de abril de 2011 às 9:55

Olá, nada de som. Quanto ao artesanato, a loja da Praça do Japão estará aberta.

rosana · 1 de abril de 2011 às 13:06

que pena a praca do japao o espaco eh muito apertado para uma festa tao grandiosa!!!

MAKKIKO · 3 de abril de 2011 às 10:40

HAAAAAAAAAAAAAAAAAAA SO VAI TER ISSO )-:

Yagami Raito · 4 de abril de 2011 às 14:27

Olaa!!! gostaria de saber se vai ter barracas de vendas de roupas, colares, aneis, coisas de otaku rsrs!?

Mylle Silva · 4 de abril de 2011 às 19:40

Não haverá nenhuma barraca do gênero na Praça do Japão, mas a Loja Nhom (www.lojanhom.com.br) fica a dua quadras da Praça do Japão, então você pode passar lá pra dar uma olhada e comprar algumas coisas =D

Jenni · 5 de abril de 2011 às 12:19

Mas a graça do Matsuri é justamente as barraquinhas com comidas, roupas e acessórios para vender XD

Mylle Silva · 5 de abril de 2011 às 15:25

Sim, mas dessa vez não haverá barracas desse tipo no Matsuri, apenas de comida. Como que já disse, quem quiser pode passar na Loja Nhom http://www.lojanhom.com.br para matar a vontade de comprar coisas. Lembrando que nem todos os produtos da loja estão cadastrados na loja virtual. Temos aqui touquinhas, colares, camisetas, chevairos, pelúcias, mangás e muito mais!

Carlos · 5 de abril de 2011 às 17:41

\o/

Mylle Silva · 5 de abril de 2011 às 20:36

Já vi que você está divulgando também =D

AndreMugi · 8 de abril de 2011 às 10:10

Espero que a Nhom seja grande O.O

Mylle Silva · 8 de abril de 2011 às 10:55

O máximo que vai acontecer é ter uma fila… =x

jose · 8 de abril de 2011 às 22:25

no domingo tera as barraquinhas de comida??

Luany · 8 de abril de 2011 às 22:49

Amanhã (dia 9) vai ter matsuri dance? Que horas?

Mylle Silva · 8 de abril de 2011 às 23:50

No domingo terá apenas duas barraquinha de comida.

Mylle Silva · 8 de abril de 2011 às 23:50

Não haverá matsuri dance em nenhum momento.

João · 9 de abril de 2011 às 13:59

Uma pena terem estragado mais um evento em Curitiba.
Conhecia pessoas que vinham de fora apenas para esse evento…

Bem a cara dos Curitibanos acabarem com a “festa”

LienK · 9 de abril de 2011 às 20:22

Ahhhhh, que coisa… Mas por que não vai ter barraquinhas de coisinhas pra vender? e Por que só duas de comida? D: e Por que não vai ter matsuri dance?? T-T
Well, pelo menos vai ter a loja Nhom perto e os Taikos *-* e duas barraquinhas, hm.

Mylle Silva · 9 de abril de 2011 às 22:50

Entenda, não foram os CURITIBANOS, foram algumas pessoas do CLUBE NIKKEI. Para entender, por favor leia o post http://tadaima.esy.es/2011/03/25/o-fim-dos-matsuris-de-curitiba/ antes de comentar. Obrigada.

Mylle Silva · 9 de abril de 2011 às 22:51

Bem, para entender um pouco o motivo do matsuri ser assim, por favor leia http://tadaima.esy.es/2011/03/25/o-fim-dos-matsuris-de-curitiba/

LienK · 10 de abril de 2011 às 14:17

Hmmm, tá explicado. Grata pelo link =DD

Carol vila Real · 17 de abril de 2011 às 20:09

nossa que coisa estranha! Resolveram fazer um evento micro? fiquei atrás desse evento um tempão e agora vejo que nem divulgado foi? Que falta de respeito com as pessoas que acompanham a cultura japonesa. Que pena!Como falaram que com o cancelamento do ano passado iria abrir precedentes para novos cancelamentos(que infelizmente). Não Duvido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *