Categorias
Eventos Hana Matsuri

Hana Matsuri 2020 – data e local confirmados

O Hana Matsuri 2020 já tem data e local confirmados! Saiba tudo sobre o Natal Budista do Paraná e prestigie o festival.

Chegou aquele momento no início do ano que me dá até um quentinho no coração: o de anunciar o primeiro matsuri! O Hana Matsuri 2020 acontecerá nos dias 04 e 05 de abril (sábado e domingo), no Parque São José, das 11h às 19h.

O evento é uma realização do Templo Budista Jodoshu Nippakuji de Curitiba e, desde 2015, conta com o apoio da Prefeitura de São José dos Pinhais e da Secretaria de Cultura de SJP

Hana Matsuri 2020

O Natal Budista segue a tradição que iniciou em 2005. No sábado, às 14h, acontecerá o cortejo dos acólitos e distribuição de amamori (amuletos de proteção), seguido da cerimônia do Kambutsue (banho de chá doce no pequeno Buda).

Como nas últimas edições, essa é uma versão resumida e aconchegante dos matsuri que acontecem no Parque Barigui. Por isso, tanto a feira de artesanato quanto a área de gastronomia são reduzidas.

Hana Matsuri 2018 foto por Talitha Bodnar
Foto tirada por Talitha Bodnar

Sobre a origem do Hana Matsuri

De acordo com a sua biografia, no momento de seu nascimento, uma música celestial ecoou pelos quarto cantos do universo e todos os seres que habitavam o mundo sentiram uma grande bem aventurança.

As flores desabrocharam mostrando todo o seu colorido e do céu caiu uma suave chuva de nectar.

Existem várias denominações para o Buda : Xaquiamuni, Oshakasama, Shakuson que significam “ pessoa venerável da família Shaka”.

O nascimento do Buda ocorreu há aproximadamente 2630 anos, no nordeste da India e quando criança era chamado de Sidharta Gautama.

Sidharta era filho de rei Sudhodana e da rainha Maya.

O seu nascimento é precedido por um fenômeno muito interessante.

Certa noite a rainha Maya teve um sonho estranho. Um elefante branco surgira e entrara em seu corpo através de sua axila direita.

Muitos interpretaram o sonho como um bom presságio, pois entendiam que em breve a rainha conceberia um filho.

Assim, os budistas do mundo inteiro fazem questão de incluir nas comemorações do nascimento do Buda a imagem de um elefante branco, pois ele é o mensageiro do seu nascimento.

Por Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *