Cultura Japonesa

Você sabia que os japoneses são chamados de ‘homens herbívoros’?

Você sabia que os japoneses são chamados de 'homens herbívoros'?
Homens Herbívoros, japoneses heterossexuais sem atituude
Saiba porque a nova geração de homens japoneses é chamada de homens herbívoros, quais são suas características e porque eles são tão diferentes de seus pais
Você sabia que os japoneses são chamados de 'homens herbívoros'?
Homens Herbívoros, japoneses heterossexuais sem atituude

[ad#ad-1]

Andando pelas ruas de Tóquio, a capital da moda japonesa, fica difícil não ver muitos rapazes arrumados, da cabeça aos pés. As lojas de conveniência também oferecem vários cosméticos, tanto para mulheres quanto para homens. O que no mundo inteiro costuma-se chamar de homem metrossexual, no Japão um termo foi cunhado em 2009 pela escritora e colunista Maki Fukasawa: 草食男子 (soushoku danshi), os homens herbívoros.

Diferente dos metrossexuais, os homens herbívoros não mudam apenas a aparência, mas também a forma como encaram a vida e a própria sociedade japonesa, cheia de regras, limitações e exigências. Em outras palavras, seria errado definir os japoneses apenas como metrossexuais, uma vez que a nova geração parece estar lutando em silêncio por mudanças.

Homens Herbívoros

Os rapazes japoneses entre 20 e 30 anos gastam como as mulheres em cosméticos e roupas, não estão preocupados em trilhar uma carreira brilhante dentro de alguma empresa e estão menos preocupados com bens materiais ostensivos, sexo e dinheiro – um contraste gritante com seus pais e avós, que trabalharam duramente para reconstruir o Japão pós-guerra e eram considerados os “Samurais das empresas”, símbolo do machismo e da brutalidade.

Jovens Herbívoros Japoneses

Depois de pesquisar sobre o assunto, quero juntar as informações que li com a minha experiência no Japão. Tive a oportunidade de conviver com pessoas da nova geração e acredito que algumas coisas sejam verdade. Sinto, de maneira geral, que ter um relacionamento com alguém não seja prioridade de muitos deles, mas o assunto é abordado com frequência durante nomikais e afins.

Também ouvi meninas reclamando da falta de atitude dos homens japoneses e me perguntando se os homens brasileiros eram “homens carnívoros”.

Mas o mais importante é que, desde o primeiro instante, o que eu vi no relacionamento entre homens e mulheres há uma trava enorme, como se a convivência não fosse 100% natural, diferente do que acontece entre as meninas ou entre os meninos. A diferenciação pré-determinada entre os sexos deve ter confundido os homens e a nova geração está em busca de uma saída, testando algo novo e esperando algum resultado.

Agora, eu não acredito que os homens herbívoros tenham algum problema grave como li em alguns lugares. No meu ponto de vista é apenas uma maneira de expressão e exteriorizar uma série de aflições e se livrar de certas cobranças da sociedade, como o casamento, sucesso na carreira, constituição de família, etc. Cada um tem o seu próprio tempo, mas num país onde tudo parece ter prazo de validade, tempo não é direito de ninguém.

Caso queira se aprofundar sobre o assunto, recomendo o texto Os homens herbívoros do Japão: São realmente um problema?

Leia outros textos sobre Cultura Japonesa

[ad#ad-1]

Sobre o(a) autor(a)

Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

Deixe um comentário

Clique aqui para comentar

Minhas identidades secretas

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Botons Nhom - Presentes Memoráveis