Konbini, as lojas de conveniência japonesas Tadaima

Fachada da Seven Eleven, uma das mais famosas konbini no Japão

[ad#ad-1]
Imagine que você está atrasado para o trabalho ou estudo, saiu sem tomar café e vai morrer de fome até a hora do almoço. A 50m da sua casa tem uma loja que te fornece tudo para o dia-a-dia, comidas práticas, fáceis de carregar, pães embalados um a um em pacotes individuais, garrafinhas de chás, sucos e refrigerantes dos mais variados, basta escolher, pagar e ir. Assim que funcionam as konbini, as lojas de conveniência japonesas.

Principais Konbini

A palavra konbini é uma adequação da palavra em inglês convenience, que significa conveniência. Abertas 24h por dia, para encontrá-las, basta andar um pouco pela região, tanto nas ruas principais quanto nas mais para dentro do bairro e com certeza alguma das 4 principais redes de conveniência aparecerá na sua frente. As mais fáceis de encontrar em Tóquio são Lawson, Seven Eleven, Family Mart e Mini Stop. Em qualquer uma delas é possível encontrar produtos e serviços dos mais variados, lembrando um pouco os mercadinhos de interior no quesito variedade.

Produtos e Serviços

Dentre os produtos, é possível comprar alimentos, bebidas (alcoólicas ou não), produtos de higiene e limpeza, frutas, verduras, maquiagem, camisetas, meia-calça, revistas, mangás, materiais de escritório, brinquedos e outras coisas para o dia-a-dia. Mas na verdade o que encanta mesmo são os serviços oferecidos.

Todas as konbini são equipadas com caixa eletrônico, copiadora e impressora de fotos e máquinas de compra de ingressos para os mais diversos eventos – shows, museus, esportes, passagens de trem ou ônibus especiais, etc. Algumas vezes é necessário fazer a reserva do ingresso pela internet, levar o código até a loja de conveniência, gerar o boleto de pagamento e pagar no caixa, sem complicação.

Falando em pagamento, é possível pagar todas as contas (água, luz, telefone, seguro saúde, etc) em qualquer loja de conveniência com grande praticidade.

Outros serviços oferecidos são o envio de encomendas através da transportadora Kuroneko (conhecida como Takyubin), impressão de arquivos e documentos, e compra de cartões de lojas virtuais, como HMV, Nintendo, Playstation, iTunes, etc.

Konbini, as lojas de conveniência japonesas Tadaima

Mapa simplificado de uma konbini

Encontrei dois vídeos que ilustram um pouco como são as konbini. O primeiro é uma sátira e o segundo é uma música de Vocaloid, mas que mostra um pouco o atendimento das lojas de conveniência.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ziX1oQRiA3w]

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=mr66XbJF9AI]

 

Continue lendo sobre a vida no Japão

[ad#ad-1]


Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

8 comentários

Marcelo Azevedo · 5 de novembro de 2013 às 17:39

Olá Mylle, tudo bom?
Muito legal a sua publicação sobre as “konbinis” do Japão, quando estive no Japão, passava diariamente nestas lojinhas. Criamos a Konbini (http://konbini.com.br/), loja virtual de produtos orientais aqui de SP com esse mesmo objetivo, reunir diversos de produtos japoneses na internet numa loja que esteja aberta 24 horas/dia. Tenho saudades das “konbinis” do Japão.
Abs, Marcelo

Mylle Silva · 31 de janeiro de 2014 às 15:42

Olá, Marcelo! Fico feliz que tenha gostado do meu post sobre as konbini, são muito práticas essas lojinhas, né? Te convido a fazer um post sobre a sua experiência e o que lhe inspirou a fazer a sua própria loja virtual, o que acha?

Marcelo Azevedo · 7 de fevereiro de 2014 às 18:40

Mylle, tudo bom?
Teremos o prazer em fazer um post sobre a nossa loja Konbini e o que nos inspirou a criá-la.
Também aproveito para pedir sugestões e dicas em como podemos melhorar a loja e o que você achou dela de uma forma geral, ok?
Atte.
Marcelo

Tratamento e educação nas lojas japonesas · 14 de fevereiro de 2012 às 9:02

[…] complemento ao artigo sobre lojas de conveniência japonesas, quero falar um pouco sobre como é o tratamento nas lojas japonesas no geral. Provavelmente esse […]

Countdown Japan 2011 2012 | Galeria de Fotos · 25 de fevereiro de 2012 às 13:49

[…] Caso seja sorteado, o usuário recebe um número e pode pagar facilmente pelo seu ingresso na kombini de sua preferência, previamente escolhida na hora da inscrição. Mas a compra do ingresso é um […]

Você sabia que os japoneses são chamados de 'homens herbívoros'? · 2 de março de 2012 às 10:00

[…] capital da moda japonesa, fica difícil não ver muitos rapazes arrumados, da cabeça aos pés. As lojas de conveniência também oferecem vários cosméticos, tanto para mulheres quanto para homens. O que no mundo […]

Cultura Japonesa e Hábitos Alimentares | Tadaima! Curitiba · 8 de maio de 2012 às 10:01

[…] no inverno, os japoneses fazem questão de mudar cardápios de restaurantes e produtos à venda nas lojas de conveniência assim que o clima começa a sofrer alterações […]

Kilax Curitiba - conheça a primeira loja hyakuen da cidade · 11 de janeiro de 2016 às 10:00

[…] lojas fazem parte do dia-a-dia dos japoneses tais quais as kombini – inclusive algumas konbini são hyakuen shop e ficam abertas 24h por dia. Não seria ótimo espantar a insônia indo comprar […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *