Eventos

Mostra de Cinema Japonês 2010 – Sinopses


Neste post anunciamos o Mês da Cultura Japonesa em Curitiba, o qual inclui uma mostra de Cinema Japonês que acontecerá do dia 25 até o dia 31. A entrada é franca e a mostra será realizada na Cinemateca de Curitiba. Vale observar que no domingo, dia 31, haverá o “especial animê”, no qual serão exibidas três animações. Segue abaixo a sinopse de cada um dos filmes e animês da programação.

PAI E FILHA  ( 晩春Banshun)
(Dir. Yasujiro Ozu, 1949, 108 min., preto-e-branco, drama)
Na cidade de Kamakura, vivem Shinkichi, viúvo e sua única filha Noriko. Noriko está em idade de se casar, mas nega-se, pois prefere cuidar do pai. A irmã de Shinkichi, Masa, tenta arranjar um casamento tanto para Noriko como também para Shinkiti. Será que Masa conseguirá casamento para o pai e a filha?

A LUTA SOLITÁRIA (静かなる決闘Shizukanaru Ketto)
(Dir. Akira Kurosawa, 1949, 95 min., preto-e-branco, drama)
O jovem doutor, Kyoji, numa cirurgia durante a guerra, contrai sífilis de um paciente. Após a guerra, ele retorna ao trabalho na clínica de seu pai e para sua noiva, Misao, mas ele simplesmente ignora-a sem dar satisfações. Misao desconfia de que existe um motivo para esta atitude, porém não consegue fazer com que ele fale. Enfim chega a hora de revelar a verdade…

ERA UMA VEZ EM TÓQUIO (東京物語 Tokyo Monogatari)
(Dir.Yasujiro Ozu, 1953, 135 min., preto- e- branco, drama)
Após 20 anos, Shinkichi e sua esposa Tomi, já idosos, vão para Tóquio visitar seus 2 filhos e sua nora. Após o retorno do casal para o lar, Tomi fica com a saúde frágil e os filhos vão visitá-los, onde é revelado os sentimentos entre pais e filhos. Considerado um dos melhores filmes da história do cinema japonês.

JUVENTUDE SEM ARREPENDIMENTO (我が青春に悔いなし)
(Dir. Akira Kurosawa, 1946, 110min., preto e branco, drama)
Yukie é uma estudante universitária que vive uma vida relativamente fácil e sem complicações, uma vez que seu pai é um admirado professor da universidade. Mas tudo muda quando ele é destituido do cargo por conta de seu passado como ativista, e o noivo de Yukie – um comunista filho único de família pobre – é levado pela polícia e morto acusado de espionagem. Seu primeiro impulso é então fugir, e buscar abrigo na casa dos pais de seu ex-noivo, e usar …

O SOL SE PÕE NA TERCEIRA RUA (三丁目の夕日)
(Dir. Takashi Yamazaki, 2005, 132min., colorido, drama)
Grande sucesso do cinema, baseado Registrando um público de mais de 2 milhões de espectadores no Japão.É sobre uma menina do interior que emprega-se numa oficina de carros, acreditando que iria trabalhar numa grande empresa de automóveis. Mesmo desapontada, vai descobrindo a vida e o romantismo de uma Tóquio que se modernizava. O filme se passa em 1958, ano em que é construída a Torre de Tóquio.

O SOL SE PÕE NA TERCEIRA RUA 2 (続・三丁目の夕日)

(Dir. Takashi Yamazaki, 2007, 146min., colorido, drama)
Uma seqüência tão boa quanto o primeiro, o filme mostra os talentos de direção e efeitos especiais de Takashi Yamazaki. O filme foi indicado em quase todas as categorias principais em 2008 do Japan Academy Awards.

A GAROTA QUE SALTOU NO TEMPO (時をかける少女)
(Dir. Mamoru Hosoda, 2006, 99min., colorido, animação)
Animê baseado num mangá de sucesso, ganhador de inúmeros prêmios no Japão e no exterior.Sobre uma colegial, que mora no subúrbio de Tokyo e sofre um acidente numa linha de trem e percebe que tem um dom sobrenatural de transitar pelo tempo. Volta no tempo, para apagar os atrasos na escola, adianta no tempo para conhecer as perguntas do teste. Certo dia, ela percebe que sua relação com dois amigos começa a ter estranhas alterações.

FÉRIAS DE VERÃO COM COO(河童のクゥと夏休み)
(Dir. Keiichi Hara, 2007, 16mm, 138 min., colorido, animação)
O filme conta a história de Koichi, um adolescente solitário que encontra um Kappa (criatura do folclore japonês) adormecido há mais de 200 anos. O bichinho chamado Côo recebe muito amor da família de Koichi, mas algo sai errado e o mundo inteiro toma conhecimento da criatura.

TORRE DE TÓQUIO -Mamãe e eu, e às vezes papai (東京タワー オカンと僕と、時々、オトン)
(Dir. Joji Matsuoka , 2007, 142min., colorido, drama)
O filme alterna entre o passado, no qual Masaya narra sua estória, e o presente, onde ele vê sua mãe morrer de câncer em um hospital.

KABE – Nossa mãe(母べえ)
(Dir. Yoji Yamada, 2008, 133min., colorido, drama)
Tóquio, 1940. Kayo Nogami vive feliz com o marido Shigeru e as duas filhas. Num sábado de manhã, Shigeru é preso sob a acusação de ser comunista. Com todo seu amor e determinação, Kayo começa a trabalhar sem trégua para sustentar a casa e cuidar das meninas. Ela recebe o apoio da cunhada Hisako e de Yamazaki, ex-aluno de seu marido, agora dono de uma pequena editora. O jovem acaba desenvolvendo fortes laços com a família. Mas eles permanecem sem notícias de Shigeru, e o Japão entra na Segunda Guerra Mundial.

CHIBI MARUKO-CHAN (ちびまる子ちゃん 大野君と杉山君)
(Dir. Tsutomu Shibayama, 1990, 94min.,colorido, animação)
Chibi Maruko-chan é um dos animês mais assitidos da televisão japonesa, que mostra o cotidiano de uma menina chamada Sakura Momoko e sua família. Neste filme é abordado a amizade entre Oono e Sugiyama, amigos de Maruko.

HONRA DE UM SAMURAI (武士の一分)
(Dir. Yoji  Yamada, 2006, 121min. Colorido, drama)
No meio do período Feudal no Japão, um samurai de nível inferior tem o dever de provar  cada alimento preparado para seu senhor feudal, seu dia a dia arriscando sua vida, suas esperanças, seus medos, seus sonhos vão ficando cada vez mais distantes quando contempla sua realidade triste.  Um fato inesperado acontece que ira mudar sua vida e de sua jovem esposa.

[ad#post-ad]

Sobre o(a) autor(a)

Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

1 comentário

Clique aqui para comentar

Minhas identidades secretas

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Botons Nhom - Presentes Memoráveis