Tadaima no Japão

A primeira neve em Tóquio

Primeira neve em Tóquio Tadaima
Fotos do primeiro dia que vi a neve em Tóquio. Apesar do frio e da curta duração da neve, fui passear num parque para ver o que era possível encontrar

Primeira neve em Tóquio Tadaima
[ad#ad-1]

Assim que abri os olhos e me deparei com aquele tom de azul que vinha da janela, logo pensei “sim, está nevando“. Mesmo com um pouco de medo de um choque térmico (que belo pensamento para os primeiros cinco minutos do dia, choque térmico), abri a janela para confirmar. Era neve pra valer, não como a de mentirinha que caiu por meia-hora em dezembro e só me rendeu duas míseras fotos.

Da sacada do meu quarto tirei algumas fotos, já bem agasalhada porque a coisa era séria: estava frio. Pior mesmo foi prestar atenção na aula, eu sentada de frente para a janela, via a neve caindo, caindo, aquele tom de azul que não se pode registrar em fotos, só na memória. Só queria sair e brincar.

Primeira neve em Tóquio Tadaima

[ad#ad-2-middle]

Passeio na Neve

Para minha infelicidade, não nevou tanto a ponto de fazer um boneco de neve, mas mesmo assim consegui alguma companhia para um agradável passeio no parque durante a neve. Mas claro que entre sombrinha, luvas, vento e flocos de neve, controlar a câmera foi bem mais difícil.

O problema de ser novata em neve foi não saber que a neve molha bem mais que a chuva, porque é mais difícil se proteger dela, principalmente no vento. A neve é uma daquelas coisas que é linda para ser admirada numa foto, num lugar confortável e aquecido, porque quando estamos no ambiente não é tão fácil quanto andar num jardim florido e tirar foto da abelha na flor.

Primeira neve em Tóquio Tadaima

Na galeria da minha primeira neve, hospedada no Flickr, há fotos de alguns corajosos, mas no geral há o vazio, só paisagens de um branco azulado que durou cerca de 5 horas, das quais só restaram o molhado e o frio.

Agora eu me pergunto: será que vai nevar de novo?

Veja outras fotos do Japão em Tadaima no Japão.

[ad#ad-1]

Sobre o(a) autor(a)

Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

3 comentários

Clique aqui para comentar

  • que legal, gosto muito das suas historias sobre o japao principalmente as que vc descreve os costumes dos japoneses em situações diversas como na reuniao para beber e na historia sobre a menina que desmaiava constantemente, eu so sai uma vez do Pará e foi para o japao, foi a minha primeira viagem de aviao e levei +-2 dias para chegar la, e uma historia muito comprida e aconteceu muita coisa, eu tive muita sorte em varias ocasiões, eu fui sozinho e nao sabia falar nada a nao ser portugues e na europa eu tinha que mudar de avião hauahauha foi uma loucura, mas o que eu queria falar era a minha primeira experiencia com a neve, eu acordo e vejo um dia com muitas nuvens e quando eu olho direito esta tudo coberto com um palmo de neve, foi uma cena realmente muito bonita, tudo branco, eu estava em kani uma cidade perto de nagoya e a primeira coisa que eu faço e ir na sacada descalço, so com uma calça de dormir e uma camiseta hauahauauh cara eu quase morri de frio, eu sou um cara muito gordo (entre 115 e 117 kg), e como a maioria dos gordos eu nao sinto muito frio mas mesmo assim tava um frio de lascar, entao eu volto para dentro de ksa e vou escovar os meu dentes e lavar o meu rosto, essa foi a minha primeira manha no japao, eu tinha chegado na noite passada exausto da viagem, entao eu vou ate a pia do banheiro que era de frente para uma janela ,que diga-se de passagem estava aberta, ligo a torneira e de uma so vez jogo agua no meu rosto(a agua estava muito gelada) e nessa mesma hora vem um vento muito gelado e forte da janela a minha frente, CARACA no mesmo segundo o meu rosto começou a formiga, fora o susto que eu tive, afinal eu nuca tinha ido para um lugar gelado e aquilo tinha me pagado completamente de surpresa, hauahauahauhe isso tudo foi so a primeira manha, em 30 dias aconteceu de tudo. assim que eu conseguir juntar algum dinheirinho e avançar um pouco mais nos meus estudos de japones eu vou voltar para la so que mais experiente e sabendo falar pelo menos um pouco de にほんご, ai eu vou poder aprender com os próprios japoneses.

Minhas identidades secretas

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Botons Nhom - Presentes Memoráveis