Tadaima no Japão

Publicidade na internet japonesa

Publicidade na internet japonesa Tadaima

Publicidade na internet japonesa Tadaima
[ad#ad-1]

Desde o primeiro dia que conectei o meu notebook á internet japonesa, fui invadida por publicidades com caracteres, cores e jeitos bem diferentes, se comparados com as propagandas de sites de compras coletivas que conquistaram o Brasil em 2011. Claro que, como em qualquer lugar do mundo, as publicidades em determinados sites variam de acordo com o perfil do usuário, mas no geral o foco japonês parece ser o mesmo: o entretenimento.

Algo me faz pensar que, no Japão, uma máxima se repete: não basta ir lá e comprar, tem que ser divertido, interessante e combinar com o gosto do cliente. Além disso, estamos falando de um dos países mais consumistas do mundo e chega a ser normal a invasão de publicidades por todos os lados – trens, estações de metrô e internet, só para citar alguns casos.
[ad#ad-2-middle]

Publicidade na Internet

Há cerca de duas semanas, decidi juntar alguns exemplos de publicidade que encontrei durante a minha navegação, coisa bem simples. Como eu já disse, o foco é o entretenimento e as publicidades relacionadas a jogos são muito frequentes – uma média de 70% dos casos. Outro veículo muito explorado é o YouTube e os vídeos publicitários que antecedem o vídeo que você quer ver – e que no Japão carregam rapidamente, sem atrapalhar em nada a navegação.

Além dos jogos, os vídeos anunciam liquidações online e offline, estreias no cinema, vassouras mágicas (bem ao estilo Polishop), produtos milagrosos para os cabelos e bebidas alcoólicas. Se pensarmos em delimitação de faixa etária e público alvo, é bem difícil definir, porque aparecem publicidades tanto para jovens quanto para idosos (como esconder a careca e afins).

Publicidade japonesa na internet Tadaima

Poluição Visual

Se para nós, brasileiros, a quantidade de publicidades é excessiva, para os japoneses parece funcionar muito bem. Veja, por exemplo, o site da Bic Camera, uma das lojas de eletrônicos mais famosa no Japão. Ele é repleto de imagens coloridas tanto na página inicial quanto nas páginas de produtos (até de produtos concorrentes!), tornando a navegação um pouco confusa. Já as capas de revistas e mangás nem se fala, nunca consigo me focar em apenas uma coisa quando olho-as.

Depois de dar uma olhada em capas de revistas chinesas e coreanas, deixo a pergunta: por que os japoneses gostam tanto dessa poluição visual?

Leia outras curiosidades japonesa em Tadaima no Japão.

[ad#ad-1]

Sobre o(a) autor(a)

Mylle Silva

Sou escritora, roteirista e artesã. Apaixonada pela cultura japonesa, vivo com ela uma relação de amor e ódio desde 1996. Tento sobreviver entre palavras (www.oficinadeescrita.com.br) e encomendas (www.nhom.com.br)

3 comentários

Clique aqui para comentar

Minhas identidades secretas

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Oficina de Escrita - para escrever mais e melhor
 

Botons Nhom - Presentes Memoráveis