Seleção de bandas de J-music

OK, eu sei que o Haru já passou e as bandas já se apresentaram, mas como eu recebi algum material sobre o assunto, publicarei aqui. Pretendia fazer isso antes do evento, mas infelizmente algumas pessoas não se pronunciaram sobre o assunto até agora, então não esperarei mais. Contarei com os pedaços que tenho até o momento.

Tudo começou quando viu-se um impace sobre as bandas que foram inicialmente escolhidas para tocar no Haru Matsuri. Alegaram que uma “votação secreta” havia acontecido. O problema é que foi tão secreta que ninguém mais sabia que ela estava para acontecer. Foi então que optou-se por fazer uma seleção mais digna (na medida do possível).

Assim, depois de algumas discussões, foram escolhidos 3 juízes: Veronica Huang, vocalista da banda J-Squad (SP), Professor Laertes (Escola de Música Trilhas) e Luciano Bonilauri (produtor musical e dono de estúdio). Para cada um deles foi mandado um vídeo de cada uma das 7 bandas participantes. Ou seja, cada banda teve que gravar 3 vídeos para a seleção, um para cada jurado.

Depois que a Black Heaven, mesmo selecionada, optou por não tocar no Haru Matsuri, as bandas selecionadas foram: Kategorize (PR), Khaos (SC), Youkai (PR) e Kanpai (PR). Caso queira ver alguns detalhes do processo todo, é só clicar aqui.

Entrei em contato com os jurados para que eles me dissessem suas impressões sobre as bandas, mas apenas a Verônica Huang me respondeu.

Tadaima: Você alguma vez já teve contato com músicas japonesas? Quando e como?
Verônica: Eu já tive contato com a música japonesa. Na verdade, ouço música japonesa desde pequena (pois minha mãe é descendente de japoneses e meus avós paternos de Taiwan gostam de música japonesa também), contudo só tive maior contato com música pop japonesa através de animes como Yuyu Hakusho, Shurato e Saint Seiya.

T: Como foi convidado para ser jurada da seleção de bandas?
V: Fui convidada para ser avaliadora desta seleção a pedido de uma amiga (Adriane Usagi), a qual conheço desde 2003 por sermos participantes de concursos de animekê.

T: Qual foi a primeira impressão ao ver os vídeos?
V: Minha primeira impressão ao ver os vídeos foi de surpresa, porque é muito difícil ver bandas tão bem resolvidas instrumentalmente falando.

T: O que você acha de bandas covers?
V: Acho bandas cover importantes para trazer ao público músicas que os agradem, além de demonstrarem um trabalho de fãs para fãs.

T: Na sua opinião, você acredita que bandas que fazem covers de músicas japonesas conseguirão se inserir no cenário musical de Curitiba?
V: Acredito que bandas cover de músicas japonesas podem se inserir no cenário musical de Curitiba em seu próprio nicho.

T: Fale um pouco sobre você (relação com a música, formação e área de atuação)
V: Meu nome é Verônica Huang, tenho 21 anos, sou vocalista da banda J~Squad, fotógrafa e estudante de moda. Adoro cantar (sempre) e tocar teclado (de vez em quando). A J~Squad possui duas músicas próprias em japonês, são elas “Beyond”e “Scarlet Fades”. Para conhecer melhor a banda visite http://www.jsquad.com.br ou entre na nossa comunidade do orkut http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=3263724

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *